20 de mai de 2013

#PapoSério - Auto Mutilação

“Um fogo devora um outro fogo. Uma dor de angústia cura-se com outra.”—William Shakespeare

Oque você sabe sobre a pratica do auto mutilação? O problema veio a tona na mídia quando a cantora e atriz Demi Lovato deixou a mostra seus cortes no ano de 2009, até então os mesmos eram julgados como "marcas" das pulseiras de borracha que ela costumava usar.Mas foi no ano de 2010 ao cancelar uma turnê e se internar em um centro de reabilitação que Demi  abriu as portas ao mundo para que o problema pudesse ser discutido.
A auto mutilação é um transtorno de impulso, definida ao ato de qualquer comportamento intencional que leve a dor e agressão direta ao próprio corpo, com ou sem a intenção consciente de suicídio. As formas mais frequentes do transtorno são os atos de cortar-se, bater em si mesmo ou se queimar.
Apesar do transtorno de auto mutilação ser um dos problemas mais graves desenvolvidos por adolescentes sobre pressão e baixa autoestima, a pratica têm ser tornado "moda" entre adolescentes que querem apenas chamar atenção, sem lembrar que o problema pode causar vício. Isso porque a dor causada pelo praticante, libera endorfina, substancia que liberada em excesso no corpo causa dependência. A endorfina no caso, é a maior causa para que os praticantes do cutting procuram esse meio de se livrar das dores, quando liberada no corpo a substancia causa o alivio imediato da dor.
A pessoa que se auto mutila na maioria das vezes têm problemas em expressar verbalmente ou sentimentalmente seus problemas e acaba por achar no transtorno uma forma de descontar todos os seus problemas, algumas das pessoas que sofrem ou já sofreram com o problema de auto mutilação alegam que escrever, desenhar, cantar ou praticar qualquer ato que possa liberar a causa de seus problemas são na maioria um tratamento que pode ser aplicado em si mesmo, porem a maior forma de tratamento é sem duvida procurar ajuda médica e conversar com amigos/parentes iram te entender, ao invés de julgar.
Julgar, é também um dos maiores problemas que pessoas com esse transtorno sofrem. Algumas após serem julgadas por muito tempo por outras como inferiores, acabam acreditando e se auto julgam inferiores a todos, tratando-se assim de maneira inferior, achando que não merecem a vida.
Muitas das pessoas que sofrem com auto mutilação procuram na verdade, apenas uma forma de descontar todos os seus problemas que não são ouvidos e tratados como suportáveis por todos, a verdade é que a melhor forma de ajudar qualquer pessoa a sair da auto mutilação é escuta-la e entender que por mais que você tenha problemas, todos nós temos e todos merecemos ser ouvidos.

“Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.”—William Shakespeare


O Projeto Borboleta para auto-mutiladores foi criado por praticantes de 'cutting' que sentiam necessidade em parar, e consideravam-se prontos para enfrentar o desafio. A ideia é relativamente simples, e pode ser mais um aliado na luta contra a prática de auto-mutilação, já que a ideia é fazer com que a pessoa treine/desenvolva seu auto-controle.As regras do projeto borboleta são:

  1. Quando você sentir vontade de se cortar, comer muito para aliviar a tristeza, de se mutilar ou de se ferir de alguma maneira, pegue uma caneta ou canetinha e desenhe uma borboleta na sua mão ou no seu braço.
  2. Dê á borboleta o nome de alguém que você ama ou quer ver você melhor.
  3. Você tem que deixar a borboleta desaparecer naturalmente. NÃO a tire da pele lavando.
  4. Se você se cortar ou se ferir propositalmente antes da borboleta ter ido embora, você a matou; Se você não fizer isso, ela vive.
  5. Se você já tiver mais de uma borboleta, qualquer auto-ferimento mata-as todas. Outra pessoa pode desenhá-las em você. Essas borboletas são MUITO especiais, tome conta delas.
O projeto borboleta é um dos diversos projetos que podem ser encontrados com o intuito de ajudar a quem se corta a superar esse transtorno, deve-se lembrar que quem sofre desse problema não esta sozinho no mundo hoje e nem nunca vai estar, em algum lugar sempre vai ter alguém acreditando que todos podem superar e vencer em algo, todos somos importantes. Eu gostaria de fazer dois pequenos agradecimentos @UniaoStayStrong e @mortapordentro, somente quem acompanha o trabalho dessas meninas sabem o quanto é importante o apoio que elas oferecem, tanto as meninas que seguem os twitters de apoio quanto a elas mesmas.
"A pior coisa que tem é ver quem você ama muito mal e não poder fazer nada, não saber como ajudar.."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1- Não escreva somente "seguindo,segue de volta?", expresse sua opinião sobre a postagem e o blog.
2- Deixe o link do seu blog para que possamos retribuir a visita.
3- Não,não aceitamos mais selinhos e tags.
4- Agradecemos pela visita, não se esqueça de curtir a FanPage do Blog e volte sempre.

Contato: stopnow.paradaobrigatoria@gmail.com
Twitter: @ParadaStopNow, @yepIsabella e @Priibs_
FanPage: facebook.com/ParadaObrigatoriaBlog