28 de ago de 2013

Era uma vez...


Uma vez eu conheci uma garota chamada Maria, ela era daquelas garotas que acreditavam em príncipes encantados sabe? Vivia sempre idealizando o garoto perfeito e uma vez até pediu para uma colega nossa desenha-lo de acordo com a descrição, no retrato falado o individuo parecia mesmo um príncipe: olhos azuis, cabelo castanho e uma boca fina porem perfeitamente desenhada. Aquele tipo de garoto que se você visse na rua seria impossível de não reparar. Ao perguntar mais sobre o tal príncipe para Maria, ela me deu praticamente a descrição inteira do rapaz: alto, pertencente aquelas famílias unidas e que sempre se reúnem do final de semana, quando eles se conhecessem ele estaria cursando Medicina,Direito ou Engenharia e apesar de todos os finais de semana dirigir até uma cidade do interior para visitar a família ele não era daqueles que gostava de viajar.
O tempo passou eu e Maria crescemos e nos formamos, saímos do interior e fomos rumo a São Paulo na tentativa de passar em alguma Universidade. A garota que virara minha colega de apartamento passou 3 anos em São Paulo crente que encontraria o príncipe encantado, na verdade ela encontrou, diversas vezes. No campus da faculdade, na praça de alimentação do Shopping D, caminhando no Ibirapuera ou caminhando entre os torcedores quando íamos á algum estadio graças a minha faculdade de Jornalismo. Maria chegou a namorar três do diversos príncipes que ela encontrou em São Paulo. 
Quando eu terminei a faculdade de Jornalismo e me mudei para o Rio De Janeiro, nunca mais soube de suas aventuras em busca do príncipe encantado. Até o dia em que recebi seu convite de casamento, no dia do casario eu voei em cima da hora para São Paulo e tive o tempo apenas de me preparar no hotel e rumar até a Igreja, finalmente eu iria conhecer o garoto de cabelos castanhos e olhos azuis e finalmente Maria tinha encontrado o seu tão esperado príncipe encantado. Antes de entrar na Igreja me deparei com a garota com quem dividi parte da minha vida vestida num dos mais belos vestidos de noiva que eu já tinha visto, abracei minha amiga, desejei sorte e entrei na Igreja, tomando talvez um dos maiores sustos da minha vida. Em cima do altar eu me deparei com um garoto com cabelos ruivos e olhos verdes, na altura que qualquer homem de 26 anos teria. Durante o casamento eu pude jurar nunca ter visto uma noiva com olhares mais emocionados e encantados do que Maria, depois do casamento eu voltei para o Rio de Janeiro e depois de um tempo após uma oferta de emprego me mudei novamente para São Paulo, onde pude conviver um pouco mais com Louis, descobri que ele era nascido e criado em São Paulo e antes de conhecer Maria já tinha viajado para diversos países ao redor do mundo, alem de ser jornalista como eu. 
Maria e Louis já tem dezoito anos de casado e dois filhos, a menina Angelina de dezesseis anos não acredita no amor e não bota muita fé no destino. Talvez seja porque ela não presenciou a batalha da mãe em busca do príncipe encantado ou porque ela não tenha levado o susto ao perceber que a mãe na verdade, se casara com o plebeu.

@yepIsabella eu não acredito em Contos de Fada, príncipes encantados ou finais felizes. Mas eu tenho a certeza que muitas vezes, nada sai como planejamos.

8 comentários:

  1. Li toda a história e adorei! Realmente muitas vezes nada sai como planejamos!

    Beijos, amei o post <3
    candyblast.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, eu não sou acostumada em escrever sobre coisas melosas ... Acho que deu a louca em mim.

      xx

      Excluir
  2. Que história fofa *-* Adorei! Essa foi em especial para mim que sou muito sonhadora, haha.

    xx,
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é *-* ? Somos duas então, ter os pés no chão na maioria das vezes é bobagem

      xx

      Excluir
  3. Muito lindo o texto, mas porque só as outras pessoas tem talemnto pra escrever textos #chatida
    Beijinhos


    http://unhasmakeecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um tem o talento para o que pode hahaha, aposto que você é muiiiiito melhor que eu em alguma coisa e eu nem escrevo tão bem assim '-'

      xx

      Excluir
  4. Awn, que lindo o texto! Muito bom!
    Parabéns, você tem talento!!
    Beijos
    Batom De Framboesa
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir

1- Não escreva somente "seguindo,segue de volta?", expresse sua opinião sobre a postagem e o blog.
2- Deixe o link do seu blog para que possamos retribuir a visita.
3- Não,não aceitamos mais selinhos e tags.
4- Agradecemos pela visita, não se esqueça de curtir a FanPage do Blog e volte sempre.

Contato: stopnow.paradaobrigatoria@gmail.com
Twitter: @ParadaStopNow, @yepIsabella e @Priibs_
FanPage: facebook.com/ParadaObrigatoriaBlog